Share this page

IFC investe US$ 22 milhões na Companhia do Vale do Araguaia para fomentar o plantio manejado e sustentável de madeira teca no Brasil

São Paulo, 29 de julho de 2015 – A IFC, membro do Grupo Banco Mundial, concederá um empréstimo de US$ 22 milhões à Companhia do Vale do Araguaia (”Araguaia”), produtora de madeira teca do Estado do Mato Grosso, para apoiar o plantio manejado e sustentável de suas florestas plantadas. O investimento ajudará a promover os padrões de sustentabilidade na região, especialmente na gestão de reservas legais, contribuirá para a mitigação das mudanças climáticas por meio do sequestro de dióxido de carbono, e também proporcionará a diversificação das oportunidades de emprego em uma área rural do Centro-Oeste do Brasil que tem sido economicamente dependente de um leque limitado de commodities rurais.
O empréstimo da IFC permitirá que a Araguaia gerencie e preserve mais de 9.600 hectares de terra, incluindo 6.300 hectares de plantações de madeira teca, as quais deverão ser responsáveis pelo sequestro de carbono por um longo período. O programa de investimentos da Araguaia nos próximos dois anos inclui a gestão sustentável de suas plantações de teca e a construção de uma fábrica de beneficiamento de madeira próxima à cidade de Água Boa, no Estado do Mato Grosso, para produzir e vender produtos feitos com a madeira teca no mercado nacional e internacional.
A demanda mundial de madeira teca já ultrapassou em muito o que pode ser ser obtido de maneira sustentável a partir das florestas nativas, e deve continuar a crescer. A teca é muito apreciada por sua durabilidade, resistência à água e uso para serraria. As plantações de teca, como as da Araguaia, têm sido uma resposta para a crescente lacuna entre a oferta de madeira teca e sua demanda, cada vez maior. Uma plantação bem administrada tem um impacto positivo no equilíbrio da água de superfície e serve de proteção à seca em microclimas, principalmente em áreas de pasto intensivo. Como os desbastes e a desrama decorrentes do beneficiamento da madeira também podem ser vendidos às indústrias locais que usam caldeiras de biomassa, a Araguaia também está ajudando a reduzir a pressão sobre os remanescentes de floresta nativa na região.
“É com grande satisfação que estabelecemos essa parceria valiosa com a IFC, que vai além do apoio financeiro e já está nos ajudando a fazer melhorias na Araguaia”, afirmou Guilherme Frering, Presidente do Conselho da Araguaia. “Temos certeza  de que continuaremos progredindo para o desenvolvimento de uma empresa mais forte e competitiva.”
“O manejo sustentável de florestas pode fortalecer um setor econômico importante ao ajudá-lo a equilibrar os benefícios econômicos e ambientais das florestas com a demanda crescente por produtos de madeira”, afirma Hector Gomez Ang, Country Manager da IFC no Brasil. "Temos satisfação em poder conceder este empréstimo à Araguaia, e ajudar a melhorar os padrões de manejo sustentável de florestas no Brasil."
O foco da estratégia global da IFC em relação a florestas é reduzir a conversão de florestas nativas, gerar emprego nas indústrias da cadeia do setor madeireiro que usam madeira sustentável, aumentar o uso produtivo de áreas degradadas, dar apoio às práticas internacionalmente reconhecidas e certificadas de manejo de florestas, além de fomentar o acesso aos mercados de carbono e ao uso dos resíduos de madeira como energia renovável e biomassa. Nos últimos dez anos, a IFC investiu mais de US$ 1,5 bilhão na cadeira de fornecimento de produtos florestais. Além da produção de madeira, como é o caso deste projeto, a IFC investe na produção de papel e celulose, na fabricação de painéis e madeiras e na produção de derivados de madeira, como móveis e portas.
Sobre a Araguaia
Fundada em 2005, a Companhia do Vale do Araguaia (“Araguaia”), é uma sociedade brasileira de capital fechado que atua no manejo sustentável de plantações de madeira teca no Centro-Oeste. A Araguaia tem plantações de cerca de 6.300 hectares de madeira teca, espalhadas em cerca de 9.600 hectares, localizados próximo à cidade de Água Boa, na região leste do estado de Mato Grosso.
Sobre a IFC
IFC, membro do Grupo Banco Mundial, é a maior instituição global de desenvolvimento voltada exclusivamente ao setor privado. Trabalhando com empresas privadas em cerca de 100 países, utilizamos nosso capital bem como nossa experiência e influência para ajudar a eliminar a extrema pobreza e promover a prosperidade compartilhada. No exercício fiscal de 2014, dedicamos mais de US$ 22 bilhões a financiamentos para melhorar a vida das pessoas em países em desenvolvimento e enfrentar os mais prementes desafios do desenvolvimento. Para mais informações, visite www.ifc.org .
Fique ligado: