Share this page

IFC Financia Exploração Mineira em Moçambique para Promover o Crescimento Económico

Maputo, Moçambique, 15 de Janeiro de 2009 - O IFC, membro do Grupo do Banco Mundial, concordou em apoiar os projectos de exploração mineira da Baobab Resources Plc, em Moçambique como forma de apoiar a criação de emprego local e ao desenvolvimento económico.
O IFC vai disponibilizar um pacote financeiro de até $5 milhões para a Baobab, uma empresa média australiana, durante as fases de exploração e estudo de viabilidade, que serão investidos a nível institucional e de projecto na província moçambicana de Tete.
“A Baoba está muito satisfeita por ter conseguido uma parceria com uma instituição da reputação do IFC para participar na futura exploração e desenvolvimento do Projecto de Tete” disse o presidente não executivo Sr. Jeremy Dowler.
O projecto vai ajudar a manter a força de trabalho local da empresa constituída por mais de 40 trabalhadores, durante a presente crise financeira global, ao mesmo tempo que apoiará a transferência de conhecimentos tecnológicos e de gestão. Caso a fase de exploração seja bem sucedida, o projecto mineiro deverá contribuir para a receita fiscal de Moçambique, bem como para o devenvolvimento económico local.  
“O investimento do IFC na Baobab demonstra o nosso compromisso em apoiar as empresas que desenvolvem projectos de forma responsável em termos ambientais e sociais e em regiões de baixo crescimento económico”, disse William Bulmer, Chefe Global do IFC para a área de Mineração. “Embora a presente crise financeira global tenha absorvida a maior parte da liquidez que é tão necessária, o IFC continua em actividade e continuaremos a investir em empresas mineiras juniores atractivas”.
Espera-se que o sector de minas venha a jogar um papel cada vez maior na economia moçambicana durante os próximos anos. O Grupo do Banco Mundial está a trabalhar com o governo de Moçambique em reformas políticas do sector mineiro e na criação de capacidades, na melhoria do clima de investimentos no sector, e na implementação da Inicitiava de Transparência na Indústria Extractiva (EITI). Os investimentos do IFC na Baobab em outros projectos em Moçambique vão ajudar na implementação mais rápida das propostas reformas políticas e na melhoria do impacto de desenvolvimento do sector mineiro em Moçambique.
Sobre o IFC
O IFC, membro do Grupo do Banco Mundial, cria oportunidades para que as pessoas possam sair da pobreza e melhorar as suas vidas. Apoiamos um desenvolvimento económico sustentável nos países em desenvolvimento, através do apoio ao desenvolvimento do sector privado, mobilização de capitais privados e provisão de serviços de assessoria e mitigação de riscos para empresas e governos. Os nossos investimentos recentes totalizaram $16.2 bilhões no ano fiscal de 2008, um aumento na ordem dos 34 por cento em relação ao ano anterior. Para mais informações visite o site www.ifc.org .