Share this page

Makhtar Diop é nomeado Diretor-Gerente e Vice-Presidente Executivo da IFC

MD 1.jpg

WASHINGTON, 18 de fevereiro de 2021—o Presidente do Grupo Banco Mundial David Malpass anunciou hoje a nomeação de Makhtar Diop como Diretor-Gerente e Vice-Presidente Executivo da Corporação Financeira Internacional (IFC), instituição membro do Grupo Banco Mundial que promove o crescimento econômico e melhora da vida das pessoas ao incentivar a expansão do setor privado nos países em desenvolvimento.

“Makhtar Diop tem vasta experiência em desenvolvimento e finanças e uma sólida carreira de serviço e liderança nos setores público e privado dos países em desenvolvimento”, disse David Malpass“As competências de Makhtar Diop na IFC ajudarão o Grupo Banco Mundial a prosseguir com a rápida resposta à crise global e contribuirão para promover uma recuperação verde, resiliente e inclusiva. Precisamos de um ambiente favorável e negócios prósperos que atraiam investimentos, criem empregos e fomentem a expansão dos serviços de eletricidade e transportes com baixas emissões de carbono, água limpa, infraestrutura, serviços digitais e uma ampla gama de histórias de sucesso no desenvolvimento que são essenciais para cumprirmos a nossa missão de redução da pobreza e promoção da prosperidade compartilhada.”  

O  Sr. Diop será responsável principalmente por aprofundar e promover a estratégia 3.0 da IFC de criar mercados proativamente e mobilizar capital privado em uma escala significativa; cumprir os compromissos da política de capital da IFC, incluindo maiores investimentos nas questões relacionadas ao clima e ao gênero e apoio aos países em situação frágil afetados por conflitos e violência (FCV). Ele também fortalecerá os vínculos entre a IFC, o Banco Mundial e a MIGA, à medida que o Grupo Banco Mundial acelera os trabalhos destinados a impulsionar bons resultados de desenvolvimento nos países clientes. A estratégia 3.0 da IFC busca ajudar os países a criar mercados e a mobilizar capital privado, inclusive pela ampliação do engajamento upstream, envolvendo-se desde o início do ciclo de desenvolvimento do projeto para criar as condições necessárias para as soluções e oportunidades de investimento pelo setor privado. A estratégia também pretende expandir o impacto da IFC nos países mais pobres e mais frágeis, com a meta de mais do que triplicar seus investimentos anuais próprios.

Makhtar Diop, cidadão Senegalês e ex-ministro da Economia e Finanças em seu país, atualmente é Vice-Presidente do Banco Mundial para Infraestrutura, e lidera os esforços globais do Banco para promover serviços de infraestrutura eficazes nos países emergentes e em desenvolvimento que apoiem o crescimento inclusivo e sustentável. Nessa função, Makhtar Diop supervisiona o trabalho crítico do Banco nos setores de energia e transportes, desenvolvimento digital e os nossos esforços para levar serviços de infraestrutura de qualidade às comunidades por meio de parcerias público-privadas.

Antes de assumir sua atual função, Makhtar Diop atuou por seis anos como Vice-Presidente do Banco Mundial para a Região da África, período em que supervisionou uma grande expansão do nosso trabalho na região e a efetivação de compromissos no valor recorde de US$70 bilhões. Um defensor apaixonado da África e do desenvolvimento sustentável em todo o mundo, Makhtar Diop liderou esforços voltados para aumentar o acesso à energia sustentável e acessível e a promover um ambiente favorável para a inovação e a adoção de tecnologias.

Makhtar Diop serviu duas vezes como Diretor do Banco Mundial, sendo uma vez para o Brasil e outra para o Quénia, Eritreia, e Somália. Ele tem forte domínio da interface entre o setor público/privado, tendo iniciado sua carreira no setor bancário, e tem experiência direta na liderança de reformas estruturais em apoio ao setor privado, inclusive em seu mandato como Ministro da Economia e Finanças do Senegal. Makhtar Diop também atuou como economista no Fundo Monetário Internacional e Diretor para Finanças, Setor Privado e Infraestrutura do Banco Mundial na região da América Latina e do Caribe.

Makhtar é um líder de opinião reconhecido nas questões de desenvolvimento, e foi nomeado um dos 100 africanos mais influentes do mundo. Em 2015, ele recebeu o prestigiado "Regents’ Lectureship Award" da Universidade da Califórnia, em Berkeley. Ele tem mestrado em finanças e é pós-graduado em economia.  

Esta nomeação terá efeito no dia 1 de março de 2021.